Cada dia, novas escolhas

Cada um tome o seu remédio para ficar sociável ou solitário.
Não reclame do remédio que o outro prefere.

Assim também, mais que a fé,
as suas práticas diárias é que lhe salvam.

Não seria uma fuga da realidade a religião?

Menosprezar o mundo material,
como se o produto da criação
fosse profano

E viver somente em função
Das possibilidades dos reinos
Do invísível ou do pós-morte…

Seríamos excremento da divindade
Ao invés de seu próprio SER?

Afinal, procura-se salvação de quê mesmo?

Força-Tarefa

.

emerald
.
Que notícia maravilhosa! Indiazinha escapa de amputação da perna após picada de jararaca. A medicina convencional, aliada aos rituais de sua tribo ajudaram para que a pele crescesse e cobrisse novamente os ossos do pé, antes expostos pela ferida.
.

“Juntos, médicos e pajé evitam amputação

Índios dividem com médicos o tratamento de uma menina num hospital do Amazonas internada depois de ter sido picada por uma jararaca.” (Fonte: Site da Revista Época, 28/02/2009)
.
.

fibonxwomanlite


Acredito principalmente numa das hipóteses levantadas pela reportagem: as mudanças benéficas no organismo da doente teve, antes de tudo, sua origem na crença de cura apoiada nos rituais de sua comunidade. Segundo o livro O Poder do Subconsciente, a mesma inteligência infinita que formou nosso corpo completo desde a fecundação e da embriogênese é a mesma que cura cada ferimento em nosso corpo, desde um corte em nossa pele até as doenças mais complexas. Quaisquer técnicas são meros instrumentos de operação para o fluxo da energia curadora que canalizamos através de nossas crenças. Por isso é que vemos curas milagrosas nas mais diferentes manifestações religiosas ou simplesmente pela mentalização positiva. Para mostrar isso é que Jesus curava sempre de maneira diferente e fazia questão de dizer “A tua fé te curou”.
.

As construções do hoje são o resultado da força-tarefa entre nossos mais profundos desejos e atitudes mas também dos que nos cercam.

.

Qual é a sua função no mundo? O que você aprendeu hoje? Lembre-se de sua situação a um ano atrás, perceba o quanto melhorou, e continue persistindo na direção de suas conquistas! A cada momento, você está mais próxima delas!

.
Laura Bernardes

.
mente
%d blogueiros gostam disto: