Brotos de Feijão (Moyashi) e outros cultivos em apartamento

Assista o vídeo de um dia de trabalhos de semeadura e replantio das mudas aqui no apartamento

Um dia de atividades no jardim da sala aqui de casa. Semeadura, replantio de pés de Tangerina, Pimenta, Aroeira, Boldo, Palmeira, Espada de Ogum, Língua de Vaca, Arruda, Ametista, Pepino, Batata, Rúcula, Tomate e muito mais.

Bom, o plano era ser feito outro vídeo mostrando o depois, porém terminei muito tarde (aliás, nem terminei tudo o que gostaria de fazer). Seguem as fotos do depois:

2013-02-03 19.44.06

Potinhos, sementes e ferramentas para o plantio.

2013-02-03 19.45.32

Pó de osso para enriquecer a terra e ajudar a floração

2013-02-03 21.00.49

O recipiente de cimento recebe um aparato para receber o excesso de água de rega

2013-02-03 22.29.53

Usamos conchinhas do mar para fazer um berço sob as sementes e manter assim a umidade

2013-02-03 23.33.16

No plantio das sementes de rúcula, além das conchinhas foi usada argila para o berço.

2013-02-04 02.12.49

Semeadura de aroeira e pepinos em forma de alumínio para bolo.

2013-02-04 03.13.12

Batata acondicionada em embalagem reaproveitada tetrapack, que recebeu posteriormente terra para germinação.

Feijão Verde (Moyashi)

2013-02-09 19.28.33

Feijão Verde em início de germinação

No curso de massoterapia chinesa que estou fazendo, o mestre Matochi recomendou o uso do feijão verde em forma de chá para tirar gordura do fígado, problema muito comum em nossa atualidade, visto à alimentação inadequada, rica em gorduras e também à pouca prática de exercícios físicos. Lá mesmo, no Centro Cultural Brasil-China, comprei os grãos do feijão verde (nada baratos) e em casa preparei o tal do chá. Como o sabor não me apeteceu nem um pouco, deixei-os de lado. Mas lembrando das propriedades nutritivas de um outro produto, derivado desse tipo de feijão principalmente, resolvi pesquisar como fazer o cultivo de Broto de Feijão, conhecido também como Moyashi, o que posto a seguir.

Primeiro link precioso: Delícia, o playground culinário de Marisa Ono. Não deu para copiar um resumo aqui, pois o site é protegido. Confira na íntegra, vale a pena. Ela explica onde comprar o feijão verde na capital paulista, como criar os brotos e também como cozinhá-los da forma mais saborosa.
http://marisaono.com/delicia/?p=4544&cpage=1#comment-267619

E neste, Neide Rigo explica a origem do feijão verde, que tipos de brotos pode-se cultivar para alimentação, e a sua forma de cozinhá-los. “Comecei com o feijão mungo (mung beans), que são aqueles usados para fazer os brotos que encontramos no mercado com o nome de moyashi. Mas vou fazer com grãos variados da próxima vez. Várias sementes podem ser usadas: alfafa, trigo sarraceno, grão-de-bico, repolho, brócoli, linhaça, lentilhas, rabanete, girassol, gergelim, trigo, aveia, cevada e feijões secos de um modo geral. Além de manter a qualidade nutricional do grão seco como proteínas, vitaminas e minerais, os grãos germinados ainda tornam-se mais ricos em compostos fenólicos, com ação antioxidante.  Como fazer: os grãos devem ser de preferência orgânicos e bem lavados (é bom sempre deixá-los imersos em solução de hipoclorito, como as verduras, para impedir o desenvolvimento de salmonelas, por exemplo). Precisam ficar de molho em água fria durante umas 5 horas ou uma noite (muitos crescem 3 vezes o tamanho original, por isto tem que usar recipiente grande, com bastante água). Aí é só escorrer bem e deixar brotar (de 2 a 5 dias ou conforme o seu gosto), molhando 2 ou 3 vezes ao dia (eu molho, às vezes até 4 vezes ou toda vez que passo pela cozinha). Mergulhe a bandeja num recipiente com água e escorra bem. Ou pulverize água fresquinha. Na hora de tirar os grãos germinados da bandeja, as casquinhas estarão todas no fundo, como se vê na foto lá em cima. Depois de prontos, os brotos ainda se mantêm vivos por alguns dias na geladeira.

“Brotos de feijão com carne e legumes: usei meio quilo ontem com os legumes que tinha aqui e ainda sobrou para hoje (deve virar uma fritada). Não fiz nada de especial. Só o que faço sempre, na base do improviso. Dourei em azeite 300 g de carne de bife em tirinhas, juntei um pouco de shoyo, tirei da frigideira e reservei. Na mesma frigideira juntei um pouquinho mais de azeite, dourei aí uma cebola e fui adicionando outros legumes nesta ordem: pimentões de duas cores em tirinhas, um pouco de salsão picado, broto de feijão e acelga. Juntei um pouco mais de molho de soja, tampei e cozinhei por mais alguns minutinhos só até aquecer e amaciar um pouco os legumes. No fim, juntei de novo a carne e um pouco de cebolinha picada e nhac com arroz branco.”

http://come-se.blogspot.com.br/2009/09/sprouter-para-germinar-graos-de-feijao.html

Nestes próximos links, você aprenderá sobre os tipos de alimentos mais saudáveis e como prepará-los de maneira a preservar ao máximo seus nutrientes:

TERRAPIA – Alimentação Viva na promoção da Saúde – parte 1

Página do Projeto Terrapia – Fiocruz – Ministério da Saúde

http://www4.ensp.fiocruz.br/terrapia/

Compartilhando conhecimentos e experiências. Comente também suas sensações e experiências no espaço abaixo.

Outros links relacionados:
http://www.marsha.com.br/
http://opabrasil.blogspot.com.br
http://www.permacultura-bahia.org.br/
Gracias pela visita.

((((((2013))))))

Um ótimo artigo escrito por Fabian Laszlo sobre o ano de 2013 vc encontrará no

http://www.laszlo.ind.br/2013.pdf

2013

O Ano da Sabedoria

Regido pelo Velho e pela Serpente

O ano de 2013 é um ano de escolhas que determinarão o nosso futuro. De passos que devem ser dados com maturidade, lentamente (quase rastejando como uma serpente), mas sem medo. Tentar simplesmente se assegurar no que já existe não vai funcionar. É preciso encarar a necessidade de mudanças internas e emocionais. É o ano do “nós”(até por ser um ano 6 na numerologia), do que compartilhamos profundamente com as pessoas, sejam sentimentos, talentos, recursos, energia.

Todas as atitudes a serem tomadas exigirão reflexão, o principal aprendizado deste ano. Se deverá agir sempre refletindo antes com a sabedoria interior.

Este é o ano regido por saturno (Cronos), o velho, mestre do tempo, da experiência e da maturidade, e que vem pedindo de nós a consciência de que toda ação gera uma reação. Sua regência iniciará em março, já com sua entrada em escorpião.

Ele estará em Escorpião, exigindo de nós responsabilidade nas ações, forçando-nos a enxergar nosso lado “sombra”, trazendo à tona nossos aspectos reprimidos e inconscientes que deverão ser revistos sob a luz da consciência.

De forma muito interessante, no horóscopo chinês este ano será regido pela Serpente (início no dia 10 de fevereiro de 2013 e término no dia 30 de janeiro de 2014).

A Serpente é considerada enigmática e, sob sua influência o novo ano será propício para buscar o equilíbrio entre a razão e a emoção, além de ser uma fase favorável para cultivar a reflexão e a observação cuidadosa, algo que Saturno também traz.

Será preciso ter metas definidas e agir com praticidade, mas de maneira planejada. Se as pessoas mantiverem o foco em seus objetivos e traçarem estratégias de ação, será mais fácil lidar com os imprevistos e surpresas de última hora que poderão surgir nesta fase.

Aqueles que souberem usar a sabedoria da Serpente poderão desenvolver um lado intuitivo e ficar mais confiantes. O novo ano também trará a possibilidade de alcançar o reconhecimento dos esforços, além de favorecer a pesquisa científica, o comércio, as finanças e as atividades relacionadas a arte, beleza, pensamento filosófico, religião e assuntos místicos.

Continua em… http://www.laszlo.ind.br/2013.pdf

QUEM DIRIA

Depois de deixar de lado o design em busca da SOBREVIVÊNCIA no mercado, tornando-me vendedora de produtos gráficos e, em seguida, servidora pública, surge a oportunidade de mostrar novamente minhas habilidades artísticas, desta vez, dentro de um órgão essencialmente jurídico. Paira a sensação de estar voltando no tempo, porém é muito mais rico do que isso, por causa da experiência de vida acumulada até hoje. Apesar de minhas LIMITAÇÕES físicas terem se acentuado um bocado e de haverem tantas complicações na rotina até alcançar, o mais breve possível, uma adaptação satisfatória, certamente se trata de uma época de GRANDES REALIZAÇÕES – confirmando o que já dizia o mapa astral para 2012. Nada está por acaso onde se encontra. A busca pelo EQUILÍBRIO, desde o micro até o macrocosmo, é a lei maior que existe.

Ah, não apenas no aspecto profissional, mas tão importante quanto, o REENCONTRO pessoal que tenho experimentado com a NATUREZA tem me trazido um aconchego irresistível muito além do que qualquer religião poderia propor. É como ignorar todos os mapas do tesouro enganosos que me são apresentados a cada dia e apenas vivenciar o momento PRESENTE com a guia LIVRE da intuição.

Não há caminho MELHOR do que aquele que os meus pés percorrem.

Que valor inestimável possui o cheiro exalado pela minha horta na varanda quando lhe abasteço de água… São PALAVRAS de agradecimento, como explica muito bem o Fabian Laslo. Mais do que os seus vizinhos, o pé de hortelã grosso vibra e canta amor com seu AROMA medicinal… Nenhum diamante no mundo poderia representar mais para meu viver do que essa presença vegetal que HABITA minha casa, me alimenta e cresce milagrosamente todos os dias, sem precisar se mover nem mesmo SER SALVO por algum messias. Ele APENAS EXISTE por seu tempo, alimentará outros seres, tornando-se parte deles, depois voltando à mistura da terra e tudo novamente. Sempre na presença indispensável do Sol, esse sim tem vida longa. Nós somos simplesmente FAÍSCAS temporárias. Quantas vezes, nos enganamos pensando que somos grande coisa, deixando de ser unicamente nós mesmos, individualmente especiais, e coletivamente muito mais que isso.

E hoje, que momento glorioso ao levar meu filho à escola, ouvindo a música preferida por ele dos Beatles, Yellow Submarine. Durante o caminho, conversávamos sobre o início das aulas de música – depois de fazermos juntos seu dever de casa e um pequeno exercício de meditação do Brahma Kumaris – lhe perguntei se estava tudo bem antes de descermos do carro. Com um olhar tranquilo, ele respondeu, : “Mamãe, eu to FELIZ!”

Desafios sempre existem, muitas vezes dolorosos, mas é por causa deles que sentimos valiosas as CONQUISTAS.

Identidade

O melhor remédio pra essa dor é escrever… ou cantar!

Esmigalhar com as lâminas das palavras a dor de ter nascido sensível,
e de não encontrar sentido em tantas coisas para as quais inventamos deus.

Estar rodeado de sincronicidade e mesmo assim carregar um certo descontentamento
por saber-se sozinho na função de criador das próprias soluções.

Um privilégio e um desafio simultaneamente.
Não há fórmulas prontas para o viver…

(Ouvindo Strawberry fields forever, The Beatles.)

Obstáculos para serem galgados

“A liberdade manifesta-se através da amplitude de visão. Coisas que os seres em geral vêem como obstáculos sao vistas pelos grandes seres como situações com grande potencial de benefício.”

Padma Samten, Meditando a Vida.

Impressões

Tilintar do mensageiro dos ventos
Acender um incenso no outro
É preciso paciência.

Comprar papel para vender uma ideia
Conquistar o coração do novo
Derreter-se como chocolate sob o Sol.

Esconder-se na Sombra
Somente antes de percebê-la
Deslizar entre realidades.

Cenas e Sabores

Não preciso de nome
Chama-me Flor, Florzinha,
Só preciso de COR (todas)
Sem número de horas,
Sem hora pra acabar
De despetalar os acessórios que uso,
as roupas que restam ao conforto
dos que olham sem ver a essência.

Dá-me o seu frenesi
“O melhor lugar do mundo é aqui”
Nada vale mais do que assumir-se por inteiro
O SER formado pelo conjunto
das qualidades admiráveis e
também das assustadoras.
Único na loucura do que quiser,
“pro que der e vier”.

Esquece sua própria censura,
Nada importa mais do que o seu julgamento
a cada momento que se desdobra,
a cada horizonte que se vislumbra.

O que entendemos sobre o que nos cerca
é sempre tão limitado quanto nós mesmos
Porque somos feitos de experiências…
E quanta força há esquecida na Sombra…

De que mais precisamos
além de impossíveis contestáveis
para nos desafiar?

Reconheço a sintonia de um olhar
e as delícias vestidas de sonhos.

Cenas e Sabores dos próximos capítulos.

Laura Bernardes, jul-set/2011.

%d blogueiros gostam disto: