QUEM DIRIA

Depois de deixar de lado o design em busca da SOBREVIVÊNCIA no mercado, tornando-me vendedora de produtos gráficos e, em seguida, servidora pública, surge a oportunidade de mostrar novamente minhas habilidades artísticas, desta vez, dentro de um órgão essencialmente jurídico. Paira a sensação de estar voltando no tempo, porém é muito mais rico do que isso, por causa da experiência de vida acumulada até hoje. Apesar de minhas LIMITAÇÕES físicas terem se acentuado um bocado e de haverem tantas complicações na rotina até alcançar, o mais breve possível, uma adaptação satisfatória, certamente se trata de uma época de GRANDES REALIZAÇÕES – confirmando o que já dizia o mapa astral para 2012. Nada está por acaso onde se encontra. A busca pelo EQUILÍBRIO, desde o micro até o macrocosmo, é a lei maior que existe.

Ah, não apenas no aspecto profissional, mas tão importante quanto, o REENCONTRO pessoal que tenho experimentado com a NATUREZA tem me trazido um aconchego irresistível muito além do que qualquer religião poderia propor. É como ignorar todos os mapas do tesouro enganosos que me são apresentados a cada dia e apenas vivenciar o momento PRESENTE com a guia LIVRE da intuição.

Não há caminho MELHOR do que aquele que os meus pés percorrem.

Que valor inestimável possui o cheiro exalado pela minha horta na varanda quando lhe abasteço de água… São PALAVRAS de agradecimento, como explica muito bem o Fabian Laslo. Mais do que os seus vizinhos, o pé de hortelã grosso vibra e canta amor com seu AROMA medicinal… Nenhum diamante no mundo poderia representar mais para meu viver do que essa presença vegetal que HABITA minha casa, me alimenta e cresce milagrosamente todos os dias, sem precisar se mover nem mesmo SER SALVO por algum messias. Ele APENAS EXISTE por seu tempo, alimentará outros seres, tornando-se parte deles, depois voltando à mistura da terra e tudo novamente. Sempre na presença indispensável do Sol, esse sim tem vida longa. Nós somos simplesmente FAÍSCAS temporárias. Quantas vezes, nos enganamos pensando que somos grande coisa, deixando de ser unicamente nós mesmos, individualmente especiais, e coletivamente muito mais que isso.

E hoje, que momento glorioso ao levar meu filho à escola, ouvindo a música preferida por ele dos Beatles, Yellow Submarine. Durante o caminho, conversávamos sobre o início das aulas de música – depois de fazermos juntos seu dever de casa e um pequeno exercício de meditação do Brahma Kumaris – lhe perguntei se estava tudo bem antes de descermos do carro. Com um olhar tranquilo, ele respondeu, : “Mamãe, eu to FELIZ!”

Desafios sempre existem, muitas vezes dolorosos, mas é por causa deles que sentimos valiosas as CONQUISTAS.

Identidade

O melhor remédio pra essa dor é escrever… ou cantar!

Esmigalhar com as lâminas das palavras a dor de ter nascido sensível,
e de não encontrar sentido em tantas coisas para as quais inventamos deus.

Estar rodeado de sincronicidade e mesmo assim carregar um certo descontentamento
por saber-se sozinho na função de criador das próprias soluções.

Um privilégio e um desafio simultaneamente.
Não há fórmulas prontas para o viver…

(Ouvindo Strawberry fields forever, The Beatles.)

Limitações

“Gratidão é o sentimento que invade o ser daquele que vê em suas limitações uma oportunidade de aprendizado! É a chance de ver diferente por ser diferente. Notar que provas de fogo o fazem mais puro e mais forte!” Laura Bernardes

Emocionante!

Exemplos semelhantes a esse, como os vistos nas ParaOlimpíadas, evidenciam a grandeza de alma das pessoas com deficiência!!!

Obrigada a todos os que me auxiliam na jornada da vida. Sou feliz pelo que sou e por vocês existirem!

Oscilações

.
.
Turbulências são características das ondas,
que permeiam nossas histórias de vida.
.
Do alto da crista da onda somos gigantes,
enxergamos muito mais além e sentimo-nos presenteados…
.
Às vezes, olhamos para os vales ao redor
e nos preocupamos em possíveis quedas,
semelhantemente a ocorrências anteriores
em nossas lembranças.
.
Mas ainda brilhamos nesses momentos de auge,
comemorando as conquistas alcançadas,
quantas delas construídas em vales…
.
Quanto mais pressionados, temos maiores oportunidades
de mostrar nossa capacidade de superação.
.
Ainda que o tempo de celebração seja curto, é o alvo que nos atrai
para persistir pois, mantendo os olhos fixos onde queremos chegar,
a trajetória se torna menos penosa…
.
Como se nadássemos de vale em vale, esperando o raro momento da crista, ou como se andássemos em túneis, vez ou outra avistando uma longínqua luz guiadora de nossas esperanças.
.
É certo que somos bem mais produtivos em meio a crises,
pois somos levados a usar de toda criatividade
para sair de uma situação desconfortável.
.
Então, porque sofrer mais do que o necessário?
.
Fechemos os olhos, transportando-nos mentalmente para a próxima vitória,
de onde enxergaremos as dificuldades do hoje como ridículos degraus
que nos possibilitaram chegar ao topo.
.
Sinta o enebriar do clarão como se já houvesse chegado no final do túnel!
.
Ria desse seu momento. A tendência do Universo é o Caos.
Seus esforços em querer tudo organizar são braçadas
contra a maré e contra os furacões nebulosos!!!
.
A própria natureza, matematicamente equilibrada, perfeita,
harmoniosa em seus ciclos e cadeias, vez ou outra dá uma reviravolta,
coloca tudo de pernas para o ar, quem sabe fazendo uma faxina
para renovar o ambiente, criando, extinguindo
e recriando os seres que a compõem.
.
Abismos são atraentes porque desafiam nossa percepção.
Eles contém o infinito em sua perspectiva!
.
Quantos mistérios povoam tudo o que não conseguimos
perceber com nossos sentidos???
.
Compreenda toda essa dinâmica e deguste melhor sua vida!
.

Comunidade Concursandos dEficientes

Se vc é ou conhece algum portador de dEficiência que está na luta por uma vaga no serviço público, entre na comunidade que pretende disponibilizar a troca de experiências para alcançar essa conquista!

Participe da comunidade “Concursandos dEficientes”.

Para acessar a página da comunidade “Concursandos dEficientes”, visite:
http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=52782648

Tudo Novo

O que limita sua capacidade? O que impede que sua vida seja mais confortável? Tenha um novo ponto de vista:

terra

Estamos construindo novas coisas a cada momento.
A começar pelos pensamentos, sonhos que criamos
e realizamos com pequenas ações, voltados ao objetivo
de grandes conquistas!

“O que é o homem? É esta a primeira e principal pergunta da filosofia. […] Se observarmos bem, veremos que, ao colocarmos a pergunta ‘o que é o homem’, queremos dizer: o que é que o homem pode se tornar, isto é, se o homem pode controlar seu próprio destino, se ele pode ‘se fazer’, se pode criar sua própria vida. Digamos, portanto, que o homem é um processo, precisamente o processo de seus atos. Observando ainda melhor, a própria pergunta ‘o que é o homem’ não é uma pergunta abstrata ou ‘objetiva’. Ela nasce do fato de termos refletido sobre nós mesmos e sobre os outros; e de querermos saber, em relação com o que vimos e refletimos, aquilo que somos, aquilo que podemos vir a ser, se realmente e dentro de que limites somos ‘criadores de nós mesmos’, da nossa vida, do nosso destino. E nós queremos saber isto ‘hoje’, nas condições de hoje, da vida ‘de hoje’, e não de uma vida qualquer e de um homem qualquer.”   Antonio Gramsci, Wikiquote.

Estamos atraindo, a todo momento, reflexos de nosso próprio pensamento. Recorde-se um pouco e perceberá a verdade dessa afirmação em sua vida. Em fases difíceis, até mesmo a doença ou um acidente vc pode ter atraído, como forma de fuga de situações com as quais vc não estava sabendo lidar. Semelhantemente, obteve aquele emprego que vc desejou e pelo qual se empenhou. Baseado nas suas próprias experiências, continue acreditando em seu infinito potencial.

Ouvindo lastfm Ambient

Onde está a solução?

Cubo Mágico para Deficientes Visuais

Cubo Mágico para Deficientes Visuais (http://idealist.blinkr.net/blind-man-cube)

Existe solução para todos os problemas. As pessoas é que não querem agir por si próprias, esperam sempre que venha um Salvador ou um Rei fazer tudo por elas. Baseado nisso é que sobrevivem os atuais sistemas político-econômicos de nossa atualidade: representantes prometem realizar estratégias aparentemente milagrosas que são nada mais que novas formas de opressão às massas. Sabemos que a maior fatia da população mundial vive em condições sofríveis, enquanto uma minoria detém poder e riqueza (o que não significa necessariamente qualidade de vida e felicidade). Gostamos de jogar a culpa nos outros. Se não é culpa do vizinho ou do Governante, é de Deus, e por aí vai. Gostamos de nos opor, de dizer que não presta, mas quase nunca colaboramos para a melhora. Muitas vezes, reportar uma situação incorreta à pessoa competente é suficiente para o início da solução.

Ontem, aqui em casa, discutíamos a respeito de progresso, evolução, formas de governo e atitudes positivas. Estudar direito, ainda que de forma superficial, para concursos, tem me provocado enormes reflexões e vontades de agir. Fico oscilando entre projetos a longo prazo e necessidades a curto prazo. Queria fazer tantas coisas! Durante um tempo, estudei Software Livre e Metareciclagem, apaixonei-me pelo assunto, coletei equipamentos, fiz experiências novas, troquei altas idéias com pessoas engajadas no movimento. Mas, num certo momento, atraiu-me poderosamente a idéia de passar num concurso público para adquirir independência financeira e então poder exercer uma outra atividade em paralelo, despreocupada. Após dez anos sem estudar a sério, senti-me crescer a compreensão e a recompensa disso é imediata.

.

Conhecimento é o maior bem que podemos adquirir. Segue conosco além da vida…

.

No decorrer dos dias, com a soma das reflexões a respeito da realidade e do nexo causal, gradualmente estou conseguindo definir metas de vida e sigo obtendo conhecimentos para essa trajetória. O Segredo é ser grato pelo que já se tem, sentir já tendo conquistado o que se deseja e investir toda a energia possível para que se realizem os planos. Mentalizar e Agir.

De forma muito gradativa, os governos têm promovido a auto-gestão nas comunidades. Vai funcionar a longo prazo se for um pontapé inicial que ganhe aceleração própria. Não depende só do governo, mas principalmente de cada um, que se responsabilize pela melhora no seu interstício, assim mesmo como um organismo, reagindo diante das dificuldades, extraindo o melhor que se pode da vida, respeitando os limites próprios de cada um.

.

“Não se devem impor convicções a ninguém, e sim se respeitar o direito e a liberdade do outro em pensar e crer de modo diferenciado.

As provas a que o ser humano está submetido visam lhe dar responsabilidade sobre suas ações, bem como desenvolver uma melhor noção de liberdade. A idéia de que todos estamos sujeitos a um destino predeterminado depõe contra a liberdade de escolha e transforma os seres humanos em máquinas, sem responsabilidade pelos seus atos, nem méritos pelos sucessos que venham conquistar.”

Adenáuer Novaes, Conhecendo o Espiritismo (trechos)

.

Fecho respondendo à questão do título desta postagem. O caminho para a solução encontra-se na sua própria essência.

.

PS: Começo a pensar em formas de ajudar pessoas que passam pelas mesmas dificuldades que eu. Vou escrever postagens neste blog sobre coisas que tenho encontrado que beneficiam portadores de deficiência, como acessibilidade, legislação específica, oportunidades de trabalho, o qualquer assunto interessante a respeito. Fazer o suco do limão, ao invés de ficar reclamando por ser diferente. Afinal, ser diferente é ser especial. O que diferencia as pessoas são os defeitos, senão seríamos todos praticamente simétricos. Superar a si mesmo é a Lei.

%d blogueiros gostam disto: