SER, TER, EXISTIR E OUTROS VERBOS DA VIDA

Para acompanhar o ritmo da reforma ortográfica, citaremos aqui alguns verbos filosoficamente falando.

*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

SER

Estive pesquisando para descobrir o autor da frase: “Você é aquilo que pensa“, e encontrei um blog muito interessante. Clique na imagem para entrar na postagem que encontrei e então clique na imagem escaneada do livro para mergulhar no texto de José Sometti:

*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

EXISTIR

Tudo o que pode ser pensado certamente existe
Pensamentos são, no mínimo, realidades individuais
Alguns coexistem em duas almas
Sonho que se sonha junto”
Outros sonhos rascunham mentes de milhões de seres
Coletividades físicas ou difusas que vêem possibilidades mais avançadas
e plantam diariamente sua esperança…

*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

RESPEITAR – SERVIR – TREINAR

Respeite àqueles que são dignos de respeito,
sirva àqueles que assim o merecerem
e trate a todos com uniforme bondade.
Treine sua própria mente a não se perturbar
com as ações dos outros.”

A Doutrina de Buda, adaptado.

*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

TER

Ter otimismo no meio do furacão. Desculpem-me, mas não apóio o pânico generalizado que alguns querem incutir a respeito da crise. Devemos, sim, ser precavidos, evitar dívidas de longo prazo, por exemplo, mas mantenhamos o foco no lado bom, que sempre há. Ainda que o pior aconteça, não soframos por antecipação…

‘Me sinto Dom Quixote ao pregar otimismo’, diz Lula sobre crise

*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.*.

Visite a Secretaria Especial dos Direitos Humanos – SEDH

Secretaria Especial dos Direitos Humanos - SEDH

.

Ouvindo músicas clássicas em: http://new.icebergradio.com/

Pescadores de Ilusão

Religião é como cueca,
o que serve para você
pode não servir para mim
e cada um de nós sabe,
ao final de cada dia,
a íntima sujeira que carrega.

Práticas religiosas
são como água e sabão,
servem para melhorar um pouco
nossa condição existencial
mas não apagam as manchas
mais fortes que temos.

Manchas de inestimável valor
para o aprendizado
do respeito pelas diferenças.

Por isso, fique na sua que eu fico na minha.
Não julgue os outros pela aparência
nem queira convencer aqueles
que não precisam ser convencidos.
Quem não acha uma religião adequada para si, 
constrói-a no seu coração.

.

Visite a página relacionada :

Quem é a autora” https://informistica.wordpress.com/quem-e-a-autora/

 

 

Robin Williams, Jeff Bridges, Amanda Plummer e Mercedes Ruehl estrelam esta imperdivel obra prima de comédia, dirigida por Terry Gilliam. Williams é Perry, um professor de história sem-teto que vive num mundo de fantasia cheio de castelos, cavaleiros Vermelhos e donzelas em perigo. Bridges co-estrela como Jack, o disc-jóquei número 1de Nova York, cuja arrogância desmedida desencadeia uma tragédia que arruina sua carreira. Sem um centavo e nenhuma perspectiva, Jack se vê salvo do desastre pela mais improvável dos salvadores...Parry. Começa assim a incrivel história do Pescador de Ilusões uma saga moderna pela redenção e pelo Cálice Sagrado, cheia de humor, sensibilidade e romance arrebatador. Verdadeiramente, um grande filme(Joel Siegel, Good Morning America)

Sugestão de filme: Pescador de Ilusões, 1991

Robin Williams, Jeff Bridges, Amanda Plummer e Mercedes Ruehl estrelam esta imperdível obra prima de comédia, dirigida por Terry Gilliam. Williams é Perry, um professor de história sem-teto que vive num mundo de fantasia cheio de castelos, cavaleiros Vermelhos e donzelas em perigo. Bridges co-estrela como Jack, o disc-jóquei número 1de Nova York, cuja arrogância desmedida desencadeia uma tragédia que arruína sua carreira. Sem um centavo e nenhuma perspectiva, Jack se vê salvo do desastre pela mais improvável dos salvadores…Parry. Começa assim a incrível história do uma saga moderna pela redenção e pelo Cálice Sagrado, cheia de humor, sensibilidade e romance arrebatador. “Verdadeiramente, um grande filme”(Joel Siegel, Good Morning America)

%d blogueiros gostam disto: